Ir para conteúdo 1 Ir para menu 2 Ir para busca 3 Ir para rodapé 4 Acessibilidade 5 Alto contraste 6

---

  • ?
  • ?

---

  • ?
  • ?

Colonizadores de Mafra

Publicado em 31/03/2014 às 10:09 - Atualizado em 17/04/2017 às 15:00

Principais Colonizadores

Bucovinos

Os Bucovinos, colonos de origem germânica, com raízes na Baviera, Sul da Alemanha, tinham o dialeto bávaro, sendo pessoas de costumes simples, católicos e de grande disposição para o trabalho na agricultura, na pecuária e nas atividades madeireiras.

Em Outubro de 1991, 11 casais e duas moças fundaram o Grupo Folclórico Alemão Bucovino "Boarischer Wind", que em dialeto bucovino significa vento bávaro.

Em julho de 1992, iniciou-se o Grupo Infantil e em 1993 um Grupo Juvenil.

O Grupo se apresenta com traje de origem Bávara/Bucovina, dentro dos padrões do folclore alemão. As danças na sua maioria são de origem alemã.

Ucranianos

Chegaram a nossa região muitos colonos vindos da Galícia (na região de Lvov, próxima à fronteira com a Polônia), que se diluíram entre os habitantes locais. Traziam da Terra Natal, modos simples e persistentes, fixando suas marcas, cultivando e preservando as culturas da pátria tão distante, como: o  idioma, a religião, o artesanato, os cantos, as músicas e as danças.

No ano de 1985, o Padre José Waureck, e jovens descendentes da 4ª e 5ª geração dos primeiros imigrantes ucranianos fundaram no dia 07 de maio, o Grupo Folclórico Ucraniano Vesná - que significa Primavera, com o intuito de divulgar e manter viva as tradições ucranianas dos antepassados.

Alemães

A cidade de origem dos primeiros imigrantes é Trier, situada às margens do Rio Mosel, no Estado da Remânia - Platino, na Alemanha, sendo uma das mais importantes e antigas cidades germânicas.

A Fundação do Grupo Folclórico Germânico Trier ocorreu em maio de 1990, por um grupo de pessoas que apreciam o folclore alemão, bem como objetivam dar a cultura às tradições alemãs uma identidade e autenticidade.

Italianos

A Associação dos Italianos de Rio Negro e Mafra foi fundada oficialmente em 28 de Setembro de 1993, objetivando o resgate das tradições e divulgação da cultura italiana.

Os descendentes aqui residentes são oriundos de colonizações dos Estados de Santa Catarina, Paraná e Rio Grande do Sul. Os Italianos possuem forte cultura familiar, espírito decidido e alegre.

Em 1998 a Associação dos Italianos implantou o Curso de Língua Italiana "Método Clássico". Em 1999 implantou o Curso Básico de língua italiana para crianças, com duração de quatro anos.

Em 1998 sob a regência da maestrina Srª. Edite Penso Lazzari foi formado o Coral, exclusivo para canções italianas, folclóricas e clássicas.