---

  • ?
  • ?

---

  • ?
  • ?

desenvolvimentoeconomicomafra
Mafra desponta no cenário nacional como uma das 50 cidades que mais criaram empregos em 2017

Publicado em 30/01/2018 às 16:07 - Atualizado em 30/01/2018 às 16:08


Créditos: Foto arquivo - Miguel Luiz Baixar Imagem

   

Na semana passada o site G1 publicou a reportagem “Veja as 50 cidades que mais criaram e fecharam empregos em 2017” na qual Mafra aparece na 38ª posição com 1301, sendo a maioria na indústria e comércio.  Os dados são do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged). De acordo com a Secretaria Municipal de Governo, Desenvolvimento Econômico, Turismo e Cidadania, a grande responsável pela abertura de vagas e contratações foi a fabricante de chicotes elétricos e automotivos Kromberg & Schubert do Brasil, inaugurada em março do ano passado.

 

Mafra em primeiro lugar

De acordo com o Secretário Municipal de Fazenda e Planejamento, Enalto Gondrige, levando-se em consideração o número de habitantes pelo número de empregos gerados, Mafra ocupa a 1º posição no ranking do Estado. De acordo com o IBGE, Joinville teve sua população estimada em 2017 de 577.077 pessoas e Mafra de 55.907. “Comparando os dados de criação de vagas em 2017 em relação, temos Joinville com 5588 vagas e Mafra com 1301. Isto significa que Joinville atingiu o percentual de 0,96%, enquanto Mafra atingiu 2,36%, superando a maior cidade populacional do Estado e ocupando realmente a primeira colocação”.

 

Novos negócios x novas oportunidades

Ainda em 2017 Mafra contemplou a implantação do curso de medicina na UnC e o anúncio da construção do hipermercado Condor, além da inauguração da Unidade de Pronto Atendimento (UPA) no final de junho, que já realizou mais de 25 mil atendimentos.

Para o prefeito de Mafra, Wellington Bielecki, isso é reflexo do investimento em todas as áreas: infraestrutura, saúde, educação e segurança com foco no desenvolvimento econômico-sustentável do município. “Com novos investimentos geramos a necessidade de contratação de mão de obra, que pode ser tanto local quanto de fora. E aí que vemos a necessidade de todos os investimentos, pois a medida que a população cresce, é necessário criarmos condições para atender essa demanda, sempre prezando pelo bem estar e qualidade de vida dos moradores”, declarou.

 

Crescimento em pauta

Os números positivos conquistados por Mafra em relação à geração de novos empregos agradaram a Administração Municipal que atribuiu os resultados ao empenho do setor comercial e industrial local. “O nosso empresário e os empresários de fora, comerciantes e lojistas acreditam no potencial de Mafra. Isso resulta no investimento local e na consequente geração de empregos”. Wellington lembrou ainda que a Administração Municipal adota uma política de incentivo à instalação de novas empresas e de fortalecimento e incentivo às já atuantes em Mafra.