Ir para conteúdo 1 Ir para menu 2 Ir para busca 3 Ir para rodapé 4 Acessibilidade 5 Alto contraste 6

---

  • ?
  • ?

---

  • ?
  • ?

COVID-19
Mafra inicia ações para criação dos comitês escolares que farão parte do Plano de Contingência Municipal para a Educação

Publicado em 11/09/2020 às 16:25 - Atualizado em 11/09/2020 às 16:25

• Reinicio das aulas só acontecerá quando autoridades sanitárias considerarem o momento como de total segurança

Para tratar da retomada das aulas após a pandemia, a Secretaria de Educação de Mafra reuniu na última quinta-feira, dia 10, os gestores das escolas da rede municipal de ensino. A titular da pasta da educação, Estela Maris Bergamini Machado, assegurou que as aulas retornarão à sua normalidade “somente e tão somente quando o Estado e a Secretaria de Saúde confirmarem que as condições sanitárias em Santa Catarina, em relação à COVID-19 permitam uma volta com segurança para todos”.

Na reunião com os gestores foram repassadas as ações estaduais e regionais para nortearem o trabalho com as diretrizes de retomada das aulas. Nesse sentido, foram detalhadas as diretrizes sanitárias que envolverão as questões do transporte escolar, da alimentação escolar, as diretrizes pedagógicas e da gestão de pessoas.

Também foi debatida a criação das comissões escolares, onde cada escola vai elaborar seus próprios protocolos, com base no Plano de Contingência Municipal, no que couber a cada estabelecimento, ajustando às suas especificidades. Esses protocolos serão posteriormente submetidos à análise e validação do Comitê Municipal de Gerenciamento da Pandemia de COVID-19.

Retorno seguro
A secretária falou da apresentação do Plano de Contingência Estadual para a Educação - Plancon, apresentado aos catarinenses na última quarta-feira, dia 9 de setembro. Representado por mais de 15 instituições, o plano apresenta várias diretrizes de trabalho para garantir uma volta às aulas presenciais com total segurança. “Com base nesse plano estadual iniciamos a fase de preparação e formação para a criação do Plancon municipal e dos comitês escolarespara criação de protocolos específicos de trabalho”, declarou.

Ela reiterou que as aulas na rede municipal de ensino de Mafra somente voltarão a acontecer na forma presencial, quando as autoridades sanitárias e de saúde do Estado considerarem que o momento permite essa retomada com total segurança.